segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Pacotes turísticos 2009

A maior novidade da empresa turística FDB para o ano que se inicia é o espetacular passeio na Veneza brasileira, o estado de Santa Catarina. Passeio de barco pelas ruas das aprazíveis cidades de Itajaí, Blumenau, Jaraguá do Sul, entre outras. Encontre-se com famosos jornalistas. Tire fotos com William Bonner. Converse com Paulo Henrique Amorim. Chegue junto da Patrícia Poeta. Peça uma cesta básica para o Ronalidinho. Essas atrações vão dar um banho na concorrência.



Itajaí bomba com sua arquitetura semi-destruída

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Pagode Hero

Mais de dez mil engenheiros, designers, programadores, estagiários e crianças chinesas escravizadas (com a maior participação da equipe) estão envolvidos no maior projeto do mundo dos games: o inacreditável "Pagode Hero". Pela bagatela de 1.600 euros, você poderá se tornar um astro do Pagode. Vendido separadamente por mais 500 euros, você compra o pandeiro hi-tech, com o qual irá tocar os maiores sucessos deste estilo musical admirado em todo o mundo. Estarão disponíveis casas de show famosas de favelas em todo o Brasil.

No modo "história", o jogador começa tocando na escola para depois subir na carreira. Cenários como a casa de espetáculo "Via Show" e "Tem tudo show" vão ser disponibilizadas a medida que o jogador avança na carreira. Curta sucessos de Molejo, Belo, Rodriguinho, Vavá, e outros monstros da música. Na fase final, o grupo irá tocar no "Domingo Legal". Também a medida que você progride, personagens como Belo e Rodriguinho serão destravados (ui!).

Em fevereiro, esqueça a Sapucaí, e vire um astro em "Pagode Hero".




sexta-feira, 24 de outubro de 2008

A verdade é relativa

Todo dia no almoço, bebo aquela maldita marca de refrigerantes capitalista, por ser a mais gostosa, afinal. É como transar com uma boazuda burra, você sabe que nao faz bem, mas foda-se, come do mesmo jeito. Enfim, as pessoas têm a irritante mania de dar conselhos sem que eu peça, aí um dia durante o almoço uma subordinada falou:
- Sabia que beber duranta as refeições, principalmente refrigerante, engorda?
- Você bebe durante as refeições?
- Claro que não.
- Entao porquê você está 20 quilos acima do peso, e eu não?
------------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Os casos dos ocasos

A vida de celebridades é invejada por muitos, e um dos caminhos mais rápidos para atingir a fama é aparecer em comerciais de alguma marca famosa. Porém, a queda após o apogeu é triste vista de perto, mas poucos sabem dessa parte da história. Alguns conseguem juntar um dinheiro bom e ir morar nas Bahamas tomando Mojitos, entretanto, a maioria acaba como os casos abaixo.

Passarinho da Zorba – O garoto propaganda da roupa de baixo masculina entrou através do sistema de cotas para doente de hepatite. Ele nunca se curou para manter a cor amarelada, e não perder o emprego, o que não deu certo com a procura por modelos mais saudáveis dos anos 90. Após ser demitido, gastou todo o dinheiro com esteróides anabolizantes para tentar ser um pinto maior, e agradar aos padrões estéticos da publicidade atual. Mas terminou com um ataque cardíaco devido ao abuso das “bombas”, e morreu forte e broxa. Entretanto, com o porte físico avantajado depois de puxar tanto ferro nas academias para ficar forte, foi contratado depois de morto para contracenar como Chester da Perdigão.




Olha gente, como sou pintoso!

Urso da Coca-Cola – Contratado como extra-natal pela marca de refrigerantes, o pobre animal viu de perto o fantasma do desemprego com o início do ano-novo. Todavia, como vivia no Ártico e vivia da pesca, não deu muita bola, já que não pagava aluguel. Mas com o aquecimento global e o derretimento do seu iglu, teve que se mudar para o Alasca, onde não agüentou o governo de Sarah Palin. Arrumou um emprego num Mc’Donalds, onde novamente teve contato com o refrigerante do capiroto. Engordou com os hambúrgueres, e teve diabetes devido ao açúcar de sua bebida predileta. Foi aposentado por invalidez, e atualmente vive contando histórias no Parque Jellystone ao seu primo Zé Colméia.

Tartaruga da Brahma – O simpático quelônio foi demitido após ser acusado de incentivar crianças a consumir álcool. Ele passou a freqüentar a casa de Michael Jackson, onde surgiram suspeitas de que seria pedófilo. Desgostoso do lado B da fama, tentou fazer testes para clubes onde colocaria em prática as habilidades desenvolvidas no futebol, mas foi chamado de firuleiro. Ainda mais triste, entregou-se ao vício da bebida, indo até o fundo do poço. Hoje, recuperado após várias reuniões nos A.A.A. (Anfíbios Alcoólatras Anônimos), dá aula numa escolinha de futebol para crianças no interior do Brasil.

Galinha da Maggi – Descoberta por headhunters em regiões de baixo meretrício do Rio de Janeiro, a bela ave se afundou nas drogas após receber o adiantamento do primeiro salário. Devido ao seu carisma, conseguiu ficar na crista da onda no mercado publicitário. Mas ao passar gripe aviária para um alto executivo da empresa, foi demitida. Ainda tentou um emprego no programa da Ana Maria Braga, mas não passou da entrevista com o Louro José, quando foi flagrada de quatro com a estrela do programa matinal. Hoje, vive à custa de uma prima medalhista famosa. Ainda faz bicos como cafetina.

A prima famosa da galinha. Essa dá um caldo.

______________________________________________________________________
Existem duas piadas escondidas no tópico da galinha, Quaisquer outras anedotas ocultas no texto foi sem querer, e nem eu mesmo entendi.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Ensaio sobre a asneira

“Ensaio sobre a cegueira, novo filme do diretor Fernando Meirelles, continua causando polêmica. Mesmo depois de ter diminuído a violência das cenas mais fortes, o cineasta brasileiro vai enfrentar a ira de um grupo de deficientes visuais, agora que o longa está prestes a estrear nos cinemas dos Estados Unidos.”
"O filme mostra os cegos como monstros e eu acho que isso é uma mentira", disse Marc Maurer, presidente da Federação Nacional dos Cegos, baseada em Baltimore. "A cegueira não transforma as pessoas decentes em monstros."

Notícia tirada daqui.


Então, os ceguinhos se revoltaram devido ao filme os retratar como monstros? Eles só falam isso porque não viram o filme. Eu também não vi, e nem cego sou (não mais, o guaraná Jesus me curou). Será que a industria cinematográfica américa está tão avançada que já existem multiplex em braile?
Enfim, parece que na película existem pessoas cegas colocadas em quarentena em um asilo, atacando-se umas às outras, trocando sexo por comida. Eu pergunto: e daí? Já troquei sexo por dinheiro, figurinhas do Campeonato Brasileiro e bolinhas de gude. Também já realizei escambo com minha comida, principalmente no primário com os garotos mais velhos para não ser surrado.
Só pra não dizer que não sei terminar o texto, posso dizer que aqueles que não tem colírio usam óculos escuros, e o pior cego é o que não viu o filme, ou não entendeu a metáfora. E chega de trocadilho sem graça por hoje.



-------------------------------------------------------------------------------------------------



Aguardem, em breve, um novo blog que vai ser o fim do mundo.

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Limpeza

Tanto tempo sem postar deixou acumular bastante lixo aqui no recinto. Contratei uma empregada doméstica, com a bunda da Juliana Paes, os peitos da Pamela Anderson e o cérebro da Luciana Gimenez. Porém, ela fugiu quando chegou para a entrevista. Acho que o pote de manteiga e o fato de minhas genitálias estarem coberta com chantilly influenciou no fato.
Então, sem empregada, tive que arregaçar as mangas, embora estivesse sem camisa, e ir para a guerra. Comecei pelo banheiro. Para limpá-lo, comprei C4 e dinamite. Acredito que o vizinho reclamou algo depois de findado o serviço, porém, minha nova condição de surdo após as explosões não colaborou muito para nosso diálogo
Segunda parte, a cozinha. Ex-funcionários sempre que eram demitidos deixavam caixas de papelão com presentes para minha estimada pessoa. Todavia, nunca os abri, e mandava para a cozinha, onde eram feitas as refeições do famoso "Penicão da Fábrica". Estranhei o cheiro de merda do lugar, e joguei gás mostarda em todos os cantos. O problema foi ter perdido o olfato após o serviço.
Em seguida, continuei a assepsia com o objetivo de assear a sala de reuniões. Lá estavam pilhas de documentos de negócios escusos que não de onde poderiam ter vindo. Uma equipe da Polícia Federal me aguardava com um mandado de prisão, mas não pude assinar, pois repentinamente fiquei cego. Eles ainda pediram informações a respeito de um certo ex-funcionário que tem contas nas Ilhas Cayman, mesmo sendo faxineiro e morando num barraco, mas como um passe de mágica também fiquei mudo.
Ao chegar em minha casa e exausto após a cansativa faxina, refestelei-me com um Uísque vendo um filme pornô. Ao mesmo tempo, ouvia "Pinball Wizard" e cantava junto com Roger Daltrey. Amanhã irei ao fliperama do lado do trabalho, e só posso dizer a quem não entendeu ouvir mais rock sessentista.


Ah, contratei uma empresa de limpeza, minha faxina ficou uma merda.

____________________________________________________________________

A comunidade da Fábrica no Yakult pra quem não sabe é aqui. Não que alguém deseje adentrar. Sinceramente, não entro em comunidades que me aceitem como membro.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

A volta da volta

Semelhante ao Jason Voorhes, eles sempre me matam, porém, dou um jeito de voltar. Como o mundo é feito de metáforas, os adolescentes que matam o assassino da incrível saga “Sexta-feira 13” podem ser comparados ao álcool em minha vida. E para quem sente saudades do que escrevo, ou seja, os analfabetos, digo com pesar que para meu estimado retorno não irei realizar nenhum crossover com Freddy Krueger.
Estou de volta povo, e pela primeira vez em muito tempo sem ressaca. Acredito que a falta de perspectivas em relação a esta pocilga venha fazer com que eu seja mais livre para escrever aqui o que bem entender. Mas devo confessar que minha ausência foi antes (ou durante, não lembro) um porre regado a uísque, tequila e CDs do Chiclete com Banana.
Tudo começou numa sexta-feira 13 após o trabalho, no qual vozes em minha cabeça compeliam-me a ir na direção do bar. As vozes eram parecidas com um amigo meu em situação financeira deficitária, e achei estranho ao constatar que esse amigo era imaginário. Todavia, sempre pedia bebida para dois, e como ele é abstêmio, entornava por ele.
Depois de um copo, não lembro se o 17º ou 232º (duplo, claro), entraram dois homenzinhos verdes com a camisa do Flamengo no estabelecimento. Achei estranho, pois pensava que homenzinhos verdes poderiam usar apenas camisas do Palmeiras. Eles vieram diretamente até mim e disseram.
- Leve-nos ao seu líder.
Prontamente, os levei até o gerente da boca da região, que deu dois tiros em cada um e me cobrou o preço das balas, por levar “esse povo doente pra ele, eu não sou Jesus pra curar os doentes, porra”.
Enfim, só lembro que daí pra frente parei em frente ao que parecia ser um Fusca ou um disco voador, não sei direito a diferença, e como os ônibus para minha humilde morada no cu do Judas não passaria mais naquele horário, adentrei o veículo interplanetário, ou enguiçado, também não lembro.
Ao guiar o disco (ou Fusca), passei pelos anéis de Saturno (ou Arcos da Lapa), pelos vulcões de Vênus (ou operação policial na favela), e pelo cinturão de asteróides (ou teria batido com o carro?). Enfim, espero que meus três leitores engulam essa história, porque meu psiquiatra não engoliu, e não tenho a menor idéia de como terminar este texto. See ya, fellas.


Bem que minha avó dizia que bolsa no chão faz o dinheiro ir embora.

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Cada vez mais psicótico

Coringa é pouco perto da minha situação. Não passe perto de mim, pois comprei vários pacotes com lápis número 2 (não entendeu a piada, vai ver o filme). Para se ter uma idéia, tenho mais Cafeína em mim que a própria. Algo em torno de "Próximo de morrer". Duvida? O resultado aí embaixo.

The Caffeine Click Test - How Caffeinated Are You?
Created by OnePlusYou - Online Dating

Viu, Café, enquanto eu viver, você será apenas a vice presidente na minha Fábrica de stress.

terça-feira, 8 de julho de 2008

Posts pagos, mas nem tanto

Como agora é moda se vender, fazer posts pagos e ser "blog de aluguel", eu, como empresário ganancioso e inescrupuloso que sou, resolvi "monetizar" esse espaço. Como as meninas da Vila Mimosa até pagaram meus préstimos, mas em compensação gastei tudo que tinha para acabar com as doenças do alfabeto (DST, HPV, HIV, ABC, etc...) que contraí, resolvi procurar outros anunciantes, que me recompensaram através de outros meios, sempre com a finalidade de me agradar e arrancar dinheiro de meus leitores.

Inferno - Você, que acabou de morrer, e ainda está em dúvida entre o purgatório, o paraíso, o limbo ou ficar assombrando seus parentes que viviam pedindo dinheiro emprestado, venha para o inferno. Aqui passamos Faustão e Gugu todos os dias, e não apenas nos domingos. Clima tropical e familiar (pra Família Addams, claro), muitas opções de sofrimento. Som 24 horas, sem aquela bossa nova chata que toca no Céu. Aqui pecados são liberados, e Kaiser quente liberada o tempo todo. Venha você também, pra onde já vieram antes de você famosos como Hitler, Napoleão, Roberto Marinho e o garoto propaganda das Casas Bahia. Venha você também. Lá, eu tive contato direto com o Capeta Lúcifer (Lucinho, para os íntimos), onde bebi a única cerveja gelada da região, e fiquei fazendo maldades com ex-namoradas através do Windows Hell, programa operacional feito exclusivamente para Dom Devil, onde sacaneamos diversas pessoas através de um toque (função touch) na tela, ou seja, você pode realizar um exame de próstata via internet naquele professor mala da faculdade que te pediu um trabalho sobre a obra completa de Tolstói. O pior é se ele gostar.

Mil opções Tv a cabo - A mais nova opção de TV por assinatura, você terá mil canais de opções variadas. Só em nosso cardápio você verá um reality show com a emocionante vida sexual das senhoras de 70 anos masoquistas, no asilo "Corcunda Feliz". Você irá morrer de rir (com um tiro na cabeça) no show de humor "Sorriso amarelo", onde verá as mesmas piadas contadas desde que Dercy Gonçalves deu uns pegas no avô do Faraó. Ao mexer no controle remoto, veja a novela "Amores utópicos", onde todo mundo se ama no final, mesmo depois de traições, amputações de membros, cuspidas na cara e trepadas monumentais com o vilão da trama na cama em que morreu o meu avô.

Tv tela grande de silicone de ex-BBB - Para você ver Faustão e Gugu em alta definição. Imagina você em casa vendo Márcia Gold sei lá o que e reparar na meleca dos convidados dessa ilustre apresentadora. Eu experimentei a Tv e devo dizer que dava pra ver as celulites da Mulher Melancia, mesmo estando o aparelho desligado e a Playboy dentro da gaveta. É boa mesmo, gente, comprem, porque a minha eu já ganhei, hoje servindo como cabide para as roupas que chegam vomitadas da noite anterior.

Eleições - Votem para vereador no político Tiro Certo, dono de milícias que deixam seu bairro mais seguro. Ele irá roubar toda a verba para a educação, mas você não precisa se preocupar, já que pobre aprende mesmo é na porrada. Eu não vou votar nele, mas como jantei na casa de tão nobre candidato, e também não moro nessa Favela podre que você mora, peço seu voto, para Tiro Certo mandar e desmandar aí, e de quebra, torturar uns jornalistas, essa maldita corja.

Refrigerante Toba - Mandaram garrafas e garrafas de Toba aqui pra casa, tudo no tamanho litrão extra grande. Esse eu jabá eu não fiz, e educadamente enviei de volta toda a mercadoria, dando a dica dos fabricantes educadamente enfiaram o Toba no refrigerador, senão esquentaria pela dupla viagem.

E é isso, meu povo, por hoje é só. Tô vendo se consigo vender minha alma pro Diabo também, mas o maldito falou que não pode comprar o que já tem.

Marcelo escreve nesse blog esporadicamente, e já vendeu o rim, o fígado, três parentes e sua coleção de jogo de botão.

domingo, 6 de julho de 2008

O melhor post de todos os tempos...

... da última semana não vai ser hoje. Tô de férias, de ressaca e com dor de cabeça, e sendo de conhecimento público e notório que a melhor forma de curar uma ressaca é bebendo mais, tô indo pro bar. Beijos e passem aqui amanhã.

sábado, 31 de maio de 2008

Dinheiro na mão é vendaval

O grau alcoólico de investimento no Brasil aumentou de novo semana passada. E na retrasada. E na outra anterior. O que seria isso, tio Marcelo, perguntar-me-á você, meu inculto leitor. Essas medidas apontam qual país é mais ou menos caloteiro. Claro que a Argentina é mais. Também aponta quais os locais onde empresários que ganham dinheiro desonestamente podem investir, pois se misturar empresário escroque com país canalha vai dar merda. Claro que a Argentina é mais. Como o Brasil agora tá na lista das nações "mais ou menos safadas', listarei aqui onde o safado estrangeiro pode pôr seu vil metal.

Travecódromo - Seria o lugar mais quente do momento. Travecos, jogadores de futebol, globais, e todas as combinações possíveis entre esses tipos (globais travecos, jogadores globais travecos, etc). Ator da malhação pagaria meia por ser dimenor. A graça estaria em misturar mulheres de verdade em meio aquelas, hum, genéricas. No quarto, sempre que vier uma surpresa tipo kinderovo, saíra um apresentador detrás da cortina com um cameraman gritando "! PEGADINHA DO MALLANDRO!!"

Igreja - A fé alheia é o melhor investimento em nossas terras. Vá a algum lugar que tenha pessoas sem o primeiro grau completo, alugue uma construção caindo aos pedaços e dê o nome de "Igreja da Salvação do Último Centavo". Venda terrenos no Céu, e diga que não votar em você para qualquer cargo no Legislativo é pecado mortal. Chamar outras religiões de "disfarce do demo" também é uma boa saída para angariar mais fiéis. E não esqueça de vender as lembrancinhas de Israel, como cupim que roeu a madeira da cruz de Jesus, a areia na qual as tábuas dos Dez Mandamentos se transformaram, ou uma garrafinha com o xixi de São Tomé.

Compra de cérebros - De acordo com os últimos dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Gegues e Edeotas), a maioria da população nacional não usa este orgão, preferindo ver novelas, escutar axé music e pensar que Jornalismo e Educação Física são faculdades. Como sabemos, comprar na baixa e vender na alta é o segredo das bolsas de valores, portanto, algum dia cérebros serão valorizados neste país. O problema é que eu tô esperando há 500 anos isso. Mas como a saída aqui é exportar, pode-se conseguir um bom preço por eles no exterior.

Compra de policiais - Olha a vantagem: você compra um batalhão e ganha uma milícia inteiramente de grátis. Espancamento de jornalista, ágio no gás dos pobres e gato net pra ver seu time de coração no don'-pay-per-view. De quebra, caso você tenha um candidato, terá um belo curral eleitoral, afinal, a população é feita por cordeirinhos mansos de qualquer jeito.

-----------------------------------------------------------------------------------------------
Neguinho reclamou que eu não atualizava, se esse post não tiver 18 comentários de pessoas diferentes só volto no Natal...de 2025. Estejam avisados.

Cuidado!!! Perigo

Como um bom chefe, ao invés de dar um aumento aos funcionários descontei metade do salário de todos para imprimir uma folha de papel A4 com dicas inúteis para as pessoas se portarem em situações esdrúxulas.

Como agir se dinossauros voltarem à vida - Imagine que durante um dia de trabalho, você está lá, feliz e contente sendo explorado pelo seu patrão, e pronto. Surge um cara com chápeu de explorador correndo, e você pode apostar, lá vem Tiranossauro Rex por aí. E ele traz toda a turma que adora aprontar mil confusões, como comer humanos, esmagar humanos e gravarem programas infantis que controlam a mente de quem os assiste. Então, caso isso ocorra, meu amigo, você tá fudido por só haver quarto do pânico na sala do presidente. Então, a atitude a tomar é colocar um pouco de katchup na cabeça e rolar na farinha. Tiranossauros adoram farinha.

Como agir caso o zíper da calça emperre - Leve sempre uma tesoura que corte o tecido da vestimenta que está usando. Caso seja parado por algum policial na rua com a genitália desnuda, ou com as roupas de baixo com falta de higiene, jogue-se no chão, finja de louco e comece a cantar uma música do RBD. Isso também funciona se você for pego com drogas, CDs da Mariah Carey e DVDs de filmes nacionais.

Como agir caso seu salário for aumentado - Essa possibilidade não existe, não há motivo para preocupações.

Como agir em micaretas, raves e afins - Primeiro, se vista diferente de uma pessoa normal e igual a outras 5 mil pessoas que afirmam ter "personalidade". Segundo, não tenha quaisquer esperanças de ouvir algo parecido com música. E terceiro, encha a cara com muito, mas muito álcool, e logo estará sedado para curtir a "balada".

Bom, essas são as dicas inúteis, e como superfaturei as resmas de papel, entro de férias. Mentira, agora vou postar mais. Ou não.

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Acredite

Depois de muito tempo sem postar, um link do outro blog no qual eu deveria escrever, tá aqui, divirtam-se.

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Memeu Deus, memencheram o sassaco

Post para tentar responder mil memes. Puta que pariu, que povo chato pra inventar inutilidade, acho que nego já me manda essas merdas de sacanagem. O tempo que perco respondendo essas bobagens faria um post esporrante, então reclamem com os outros blogs inúteis. Mas claro que darei uma bela sacaneada nesses troços.

Bom, totalmente fora de ordem, o primeiro é do Bebendo e do Rick, que mandaram o mesmo meme pra escrever um texto com o nome de outros blogs. Devido ao alto grau de complexidade, passo esse e vou pro outro.


O segundo é do Luiz do Notícias do front, pra dizer cinco filmes injustiçados. Bom, o filme mais injustiçado de todos os tempos é "O último grande herói". É mais ou menos como a roupa nova do rei que precisa ser inteligente pra ver, os burros não conseguem entender a metalinguagem, a metonímia e a catacrese dessa película única. Mas ok, próximo.

O próximo é dos Bananas Fritas, e é pra colar os links abaixo. Quem quiser, que responda.

sse meme trata-se de uma lista que rola pelos blogs. O negócio aqui é copiar a lista a partir do ~ start copying here ~ até o ~ end copying here ~ e adicionar o link do seu blog. Depois tem que indicar 8 blogs! É a campanha Usura Não! do Treta fazendo efeito.

~ start copying here ~

Join the Worldwide Link Love! Benefits of Worldwide Link Love!
1. Make new friends around the world.
2. Feel the Link Love.
3. Gain new readers and subscribers.

Rules:
1. Copy from ~start copying here ~ to ~ end copying here ~ and paste it on your blog.2. At the end of the list, put your name and the country your in, it doesn’t matter what’s your nationality just put the country where you are publishing your blog. Don’t forget to put links at your name.
3. If u have many blogs, you can link all of it, just make sure you post the same on each blog.
4. Tag eight (8) or more of your blog friends.
5. Tip for blogspot users: make sure you copy and paste the code in Compose mode.

Wanna join, and you can’t find your name on the list?
Just leave a comment here.

Worldwide Link Love!Participants:
1. Julia (Philippines)
2. Catherine (Malaysia)
3. shimumsy (u.s.a)
4. Mitch (Philippines)
5. Hailey (Philippines)
6. Sexymom (USA)
7. Liza (Philippines)
8. Sasha (Philippines)
9. Tere (Philippines)
10. Simply The Best
11. The World Wide Web Addict
12. My Daily Nourishment
13. My Euro Travel and Adventure
14. Euroangel Graffiti (Germany)
15. A Simple Life (Philippines)
16. MAX (Portugal)
17. Cidão (Brasil)
18. Jaqueline Amorim(Brasil)
19. Filipe Senna (Brasil)
20. Glauber Bandeira (Brasil)
21. Dezão(Brasil)
22. Jacke .indo e vindo. (Brasil)
23. Welton(Ora Píulas!)
24. Thiago Henrique Borges (Brasil)
25. Poiquinho Amarelo (Brasil)
26. Bananas Frita (Jamaica Brasil)
27.Fábrica de Bobagem (Tangamandápio)

Cara, eu ainda vou ver a graça que esse povo acha em responder essas babaquices. Bom chega.

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Para baixo, e avante

As pessoas andam nas ruas, quando de repente, vêem algo se mover e cruzar os céus. Elas se entreolham, e começam a questionar:
-É um pássaro?
-É um avião?

-NÃO! É A ISABELLA NARDONI!!

Ploft.

segunda-feira, 14 de abril de 2008

A solução dos meus problemas

Como sou um cara rico, as pessoas devem desconfiar que a solidão me assola. Falsos amigos e mulheres interesseiras vivem do meu lado querendo minha companhia, apenas por causa de minhas posses. Mas descobri a solução para meu problema de ser sozinho.

Comprei um Playstation 3.

E joguei a chave do meu quarto fora, agora viverei de pizzas, que é a única coisa que passa por debaixo da porta.

domingo, 13 de abril de 2008

Feliz cerveja nova

Veio por meio deste laptop postar diretamente do hospital onde estou tomando glicose devido ao porre devidamente tomado em função do meu aniversário. Como já ultrapassei a fase de "bêbado criativo" para "inconveniente vomitador", serei breve. Primeiro, agradecer ao post da Ju, e dizer que nem assim ela terá aumento. Segundo, dizer que agora todos os domingos estarei no mentes, ou tentarei, o texto de hoje está aqui. E que agora temos uma comunidade no Orkut, o link é esse. E que responderei a todos os memes mandados, relaxem. Agora dá licença que vou chamar o Raul.



domingo, 6 de abril de 2008

Programação 2008 da Fábrica TV - Parte 2

Continuando este post aqui, paramos em algo aí. Vai lendo:

Sem noção - A novelinha de 15 minutos mais supimpa, começou numa academia e hoje num colégio. Os alunos em sua maioria são gordinhos, espinhentos, vão de ônibus cheio pro colégio, chegam suados e nunca acordam cheio de disposição, como em comercial de margarina. Na hora da saída, um grupinho entra no matagal ao lado da unidade escolar (já repararam que o colégio Prova Discursiva é cercado de mato por todos os lados?), enquanto os restantes vão ao bar do lado, o MS-DOS, encher a cara. Aliás, no distinto recinto, ovos rosas e cerveja barata dão as caras.
Não existem brigas de casais bonzinho contra casal mauzinho, por ninguém ser de ninguém. Altas surubas rolam na República que não pode ter sexo, mas alguém bota sonífero na bebida do dono do lugar e tá tudo certo.

Novela das seis (que começa às seis e meia) - Novela do interior, sotaque carregado. Os donos de fazenda ficam ricos enviando toneladas de maconha para as capitais. A mocinha grita o tempo todo. O herói é um idiota. A vilã usa sempre o mesmo golpe, em todas as novelas, tipo, drogar o mocinho e mandar alguém deitar do lado dele, como se ele estivesse transando. Porém, como o imbecil é burro demais para comer duas gostosas, e as donas de casa que veêm a novela não iriam gostar, no final tudo é resolvido numa grande orgia nos bastidores.

Jornal Local - Igual ao que passa mais cedo. Sem saco pra escrever.

Novela das sete (começa às sete e meia) - Novela em cidade cenográfica em que as pessoas andam quase sempre peladas, tentando traçar as outras. Eventualmente, uma criança entra na história e o autor sofre um processo por pedofilia. A mocinha grita o tempo todo. O herói é um idiota. A vilã usa sempre o mesmo golpe, em todas as novelas, tipo, drogar o mocinho e mandar alguém deitar do lado dele, como se ele estivesse transando. Mas esse é mais esperto, e pega uma de cada vez.

Jornal de Bobagens - Aqui, mentiremos, distorceremos, inventaremos, aumentaremos todo e qualquer fato, apenas para provar o quão nossos espectadores são imbecis. De vez em quando, inventaremos algum concurso para amaciar ainda mais seus cérebros. Contaremos apenas o que nos é conveniente.

Novela das oito (começa só no dia seguinte) - Leia o post anterior.

No próximo post, uma atração diferente por dia da semana. Não deixem de perder.

sábado, 5 de abril de 2008

Dramaturgia nacional

Eu chego em casa do trabalho por mais ou menos no horário que a novela das oito começa. Ou seja, nove e abobrinha cozida. Geralmente, vou direto pro quarto ler gibis da Turma da Mônica estudar mandarim e outras línguas obscuras. Porém, ontem no momento que entrei, não resisti ao canto do sofá, e ele acabou me conquistando, com suas macias almofadas, e a conseqüente preguiça de levantar dali e/ou mudar de canal, acabei deixando o cérebro no modo "Em espera".

Aí começou. A Suzana Vieira eu lembro que interpretava uns papéis de mulheres que gritam com as inimigas, e sempre dizem a frase "não sou de levar desaforo pra casa". Só nos parcos momentos que vi, ela disse essa mesma oração umas 10 vezes pra três pessoas diferentes. Numa delas, estava a Marília Pêra. Serião, ela tava com uma cara de ter engolido uns dez caixotes de Prozac. Falava devagar e tudo era lindo e maravilhoso.

Bom, neste momento minhas necessidades fisiológicas foram mais fortes, e fui mijar. Quando voltei, pensei que o folhetim tinha terminado e havia começado "Carga Pesada". Mas era o Juvenal Antena, que fala que nem um débil também. Agora, se você for inteligente, deve ter reparado como os atores de Tv prolongam as frases. Isso por não existir história que se sustente de forma atraente por seis meses. Eles explicam tudo nos mínimos detalhes, e qualquer pessoa com um Q.I. maior que -15 descobre o que acontece no final de uma cena só com a abertura da novela.

Voltando ao Pedro, digo, Juvenal. Aí ele recebeu uma denúncia de qualquer coisa lá, e foi conferir. No momento que partiu, proferiu a frase "é uma cilada, Bino "Com o Juvenal é no pau", ou algo assim. Lembro quando o Eurico Miranda falou que o Bussunda tinha cara de bunda, e o humorista respondeu que ele era muito criativo para fazer uma frase com esse nível de rima. Aí imagino quanto um autor da Globo ganhar para fazer essa frase, "Com Juvenal é no pau".

Ah, lembrei da trilha sonora. A música acidental creme dental incidental era muito parecida com a de Resident Evil (o jogo, não o filme). Então, fiquei procurando a Jill Valentine, pois a tela estava cheia de zumbis, mas nenhum herói. Então, era esse meu desabafo. Nos próximos capítulos, mais um concurso de algum jornal da Globo para eleger a vala mais bonita da cidade.

---------------------------------------------------------------------------------------

Eu tardo, demoro, embromo, enrolo, digo que vou comprar cigarro e volto 10 anos depois, mas não falho. Tá, eu falho às vezes, mas deixa pra lá. A Lu me mandou um meme, todos sabem que odeio memes, mas esse vou responder por ser o único interessante até agora que eu vi. E mando um beijo pra Ju também, quando tiver um meme dos cinco melhores CDs eu entro também.

Ah, a porra da corrente é pra dizer os cinco autores, ou cinco livros, ou cinco de alguma coisa literária. Vou escolher os Top Five de minha preferência, e recomendo todos para pessoas que gostam de algo mais que "ler as imagens". Estes abaixo são meus escolhidos, se você não estiver de acordo, tenho outros.


O apanhador no campo do centeio - J.D. Salinger mostra como um adolescente pensa, e como eu penso daquele jeito, então ainda sou adolescente. E devolve minha bola, porra.


Misto Quente - Li este indicado pela Niquinha, e te garanto, é um dos melhores que já botei minhas cansadas vistas. Bukowski podreira.

Os irmão Karamazovi Três irmãos mais doidos que eu, o religioso, o bêbado e o muito bêbado. Adivinha com qual dos três mais me identifiquei, interrogação (meu teclado tá sem essa tecla).

Dom Casmurro -O Pelé das letras.

Os trabalhadores do mar -Vítor Hugo é mais conhecido por "Os miseráveis", que por acaso nunca li. Mas o que Gilliard (não o cantor) sofre nesse livro, olha, ticontá, é complicado.

O que não consigo ler, interrogação. Paulo Coelho. Só li o Alquimista, e ele repetia as palavras mais que certos blogs de humor que escrevem "olha, que engraçado-legal-divertido". E ponto. Beijo do Gordo.

quinta-feira, 27 de março de 2008

O gênio

Estava em meu iate curtindo o sol de Ibiza, um pedaço de terra cercado de podres de ricos por todos os lados. Estava me divertindo queimando notas de 100 dólares com meu charuto cubano importado do Paraguai, quando vi uma lâmpada mágica (daquelas fluorescentes, que gastam menos) boiando no límpido mar azul do balneário.
Esfreguei o objeto acima descrito e explodiu algo. Fumaça para todos os lados, e eu nem tava com meu amigo do hip hop. Então apareceu um gênio.
- Olá, mestre, meu nome é Albert Einstein, e posso lhe conceder três desejos.
-Cara, eu odeio física. A culpa da minha reprovação no colégio é sua, por ter ultrapassado Newton. Eu vou te matar.
Puxei meu AK-47, presente de uns amigos da Colômbia, e desci o dedo. Porém, ele era mais que um físico judeu perseguido no país natal. Ele era um gênio, e como tal, me explicou.
-Tu tá maluco, rapá? Eu sou um gênio, uma forma superior, você não pode me machucar com essas armas mortais insignificantes.
-Ah, é? Tu vai ver só, pela saco.
Corri ao banheiro e busquei meu estoque de revistas Veja, que eu uso para, hum, ler, e taquei nele. Entrementes, ele apenas sofreu uns arranhões, e respondeu.
-Estou com medo do que mais possa ter aí, então vou te conceder quatro desejos.
-EU VOU TE MATAR!
-Fica quieto, seu doido, eu to aqui, na moral, só pra te ajudar, e tu quer me matar?
-É, bem, ta bom, o que eu posso pedir? Já tenho carros, dinheiro, mulheres com pernas de madeira, olho de vidro e um papagaio no ombro...
-Ana Maria Braga?
-Não, outra aí que peguei na Via Show. Mas enfim, eu quero a paz mundial, e... não, ganho muito dinheiro com munições. Desejo o fim da fome, e... também não, to lucrando demais com peças publicitárias com crianças africanas. Não sei o que quero, não, cara.
-Pede logo, tenho um jogo de pôquer com o Stephen Hawking. Apostaremos cascas de nozes com universos dentro
-Como ele embaralha as cartas?
-Pare com piadas de gosto duvidoso e peça logo.
-Ok, eu desejo, hummm, cara, me dá quatro garrafas de tequila que nunca terminen e fica por isso mesmo.
-Ok, desejo realizado.

O tempo passa, noticiário dois meses depois.

-E hoje foi encontrado um barco no Ártico que os cientistas descobriram ser movido a tequila. O piloto do veículo encontrava-se completamente bêbado correndo atrás dos pingüins e gritando "Já peguei o Coringa, agora só falta você".

quarta-feira, 26 de março de 2008

Dolce far niente

O bom de ser um famoso blogueiro é que agora posso me dar ao luxo de atualizar essa joça aqui uma vez ou duas por mês, e meus três leitores continuarão visitando, até pelo motivo que, quem viu um blog, viu todos. Criticar o senhor Tabet por copiar é ridículo, pois 90% dos blogs kibam os outros e nem ao menos se dão ao luxo de dar crédito. Mesmo de novidades são um tédio, até por nunca serem os primeiros a dar, existem outros que dão muito antes e continuam dando direto. Mas enfim...
Veio por meio desta avisar que continuarei a postar em marcha lenta, visto que não consigo pensar de calça jeans, pois meu cérebro fica sem receber a ventilação necessária para seu funcionamento, e preciso me proteger da dengue, da febre amarela, da poliomelite, e dos travecos que fazem ponto perto de meu local de labuta. Mas juro que vou continuar a programação da Tv Fábrica. Aguardem. Ou vejam reprises em outros blogs.

segunda-feira, 17 de março de 2008

Programação 2008 da Fábrica TV - Parte 1 -

Se até o Lula tem uma TV só pra chamar dele, por qual motivo, razão ou circunstância nossa querida Fábrica também não teria uma emissora transmitindo merdas, com uma programação tendenciosa apenas para distrair um povo que não pensa e vender produtos inúteis? Como toda rede televisiva de ponta, mostraremos agora as novidades de nossa estreante emissora, quatro meses depois do início do ano. Deliciem-se.

Bom dia, escravo - Telejornal feito especialmente para você, escravo, que irá passar horas em algum engarrafamento nesse Brasilzão de meu Deus afora, com todos as vias, ruas, avenidas, vielas e becos sem saída, nos quais motoristas entram em seus respectivos veículos e passam horas falando ao telefone celular, resolvendo palavras cruzadas e jogando game boy. Também com notícias de política nacional e internacional, apenas para encher lingüiça, já que você é burro e não entende nada, e para ter mais tempo de anúncios entre os gols da rodada.

Mais ou menos você - Programa de matemática culinária, em que você aprende a quantidade de uma dúzia de ovos, meio quilo de bife, e um metro de lingüiça (pra enfiar sabe onde). Haverão disputas entre meninos, meninas e cozinheiros(que não se encaixam em nenhum perfil anterior). Um papagaio repetindo as respostas para ajudar aqueles que não entenderam ficará no palco, e no final, a prova que faz com que todas as outras não tenham nenhuma serventia e decidirá o vencedor será quem acertar um tiro na ave. Por determinação do Ibama, apenas um programa inédito será gravado e após, reprisado indefinidamente. Como se alguém notasse a diferença.

TV Xupa - Pedofilia, bondage, swing, desenhos pornôs japoneses e muita, mas muita sacanagem para a criançada. Disputa de quem faz o parceiro ejacular mais longe após um blow job, de quem tem o maior pênis, e a menina que arruma mais dinheiro na Avenida Atlântica. Altamente educativo.

Fábrica Esporte - Os mais vendidos atletas dão entrevistas com o boné do respectivo patrocinador chovendo no molhado. Resultados das últimas disputas esportivas de modalidades que você nunca ouviu falar, como cuspe a distância, automobilismo nas ruas de São Paulo(obviamente, muito editada) e corrida à presidência em 2010.

Vídeo Show - Embora você saiba tudo que aconteça na programação, já que não trabalha, estuda ou lava uma louça, mostramos nesse programa tudo aquilo que você não vê e nos dispomos a mostrar dos bastidores. E também para o Mocotó ficar desempregado.

Vale a pena dormir de novo - Uma novela que terminou semana passada e é reprisada apenas para tapar buraco, pois não temos criatividade para inventar algo que preste. É igual a todas as 8074238472390 que passaram, passam ou passarão no horário nobre.

Sessão animal da tarde - Filmes com bichos, bichas e bichanos. Cachorros que jogam futebol (já que americanos são incapazes de acertar a bola com os pés), gatos que passeiam na cidade e salvam Wall Street, elefantes que ajudam senhoras a atravessar as ruas, etc. Sempre um filme que ninguém quis ver no cinema ou DVD, mas como a pessoa é pobre e não tem TV a cabo e o canal da Playboy, tem que ver essa merda mesmo. Algumas vezes, películas sobre crianças ultra dotadas (de inteligência, pervertidos) serão vistos.

Depois voltamos com mais atrações de nossa emissora, que farão você sentir vontade de ler "Dom Casmurro".

quinta-feira, 13 de março de 2008

Eu queria mesmo...

Era escrever um post longo, comprido e engraçado, mas não vai ser hoje. Sorry.

domingo, 9 de março de 2008

Terror tupiniquim

Aí nego diz que a indústria cinematográfica nacional está melhorando. Balela. Sabemos que toda área "artística" só está indo bem quando vemos picaretagens explícitas. Como acontece com blogs de maneira em geral, que só postam figuras de outros lugares sem nem dar créditos. Mas não vou mexer nesse vespeiro, e mostrar como ficariam alguns filmes ianques se fossem nacionalizados, e que podem alavancar o "cine trash" nacional, tirando, claro, os filmes de Zé do Caixão, da Xuxa e do Moacyr Góes(que fez Machado dar um duplo twist carpado no caixão depois de ver a, hum, homenagem).

Poltergeist - Seria na Cidade de Deus, que depois do PAC 46, seria transformada em um condomínio de luxo e seria habitada por emergentes que não conseguiriam lugar na Barra da Tijuca. Mal eles sabem que sob o piso feito de pedra vagabunda(que os corretores diriam que é de ótima qualidade), existe o cemitério clandestino de desafetos do Comando Vermelho, que agora é um partido político muito atuante, e tem na bandeira escrito "paz, justiça e liberdade". O único a saber dos segredos ali escondidos seria o porteiro, que além de macumbeiro, apontador de jogo do bicho e compositor de samba-enredo, sabe fazer uma excelente feijoada. O primeiro a morrer seria o zelador, só por ser nordestino. E no final, o vilão dos fantasmas olharia na cara do mocinho (chefe da milícia do conjunto residencial, um tal Pedro Juvenal Antena) e diria "Gasparzinho é o caralho, meu nome é Zé Pequeno, porra".

Pânico - Estudantes de filosofia e história de uma faculdade federal ficam sem dinheiro pra erva, pra cachaça e para a Bíblia (de onde vocês acham que eles arrumam a seda? Tolinhos). Misteriosamente, um assassino com máscara de bate-bola começa a assassinar todos os estudantes de direito, administração e economia. Ao lado dos corpos, um CD do Los Hermanos. A polícia desconfiaria do faxineiro, e prenderia a moça da cantina, pois ela mora na favela e anda com uma faca sempre. Su-ces-so no circuito alternativo. Trilha sonora com Seu Jorge.

Essa máscara venderá horrores no Halloween

O bebê de Rosemary - Uma seita evangélica, logo após perder centenas de processo contra imprensa, descobre que o filho do Eurico Miranda demônio escolheu uma modelo com anorexia para ser sua progenitora. Então contratam uma supernanny com a cara da Mara Maravilha, que nas horas vagas chuta santas em horários poucos disputados da TV. Nasceriam gêmeos, como aquele filme do Danny de Vito e o Arnoldão Schwazembleguer. Hoje, eles apresentam programas dominicais vespertinos, e são culpados em parte pelos personagens principais do próximo filme.

A volta dos que não foram mortos vivos - Milhares de zumbis viciados em Faustão, novelas, pagode e raves em geral invadem as ruas, comendo o cérebro de engenheiros, físicos quânticos e programadores de códigos HTML. Imortais da ABL valem dois pontos. Sobreviventes ficarão trancados em uma biblioteca, jogando contra os mortos-vivos tomos de Ruben Fonseca, Machado de Assis e Kafka, descobrindo que os inimigos são sensíveis a esse tipo de literatura. Tentaram também arremessar cópias de Paulo Coelho, mas os figurantes de Thriller se alimentam desse estilo (cof, cof).

O iluminado - Um jovem semi-analfabeto vem do sertão do país, e torna-se presidente. Mas não esperava enfrentar vários espíritos malignos na cidade em que mora, lutando contra todos eles. Mas nosso herói não esperava que eles fossem maioria no Congresso, forçando Lula Nicholson a fazer os pactos mais estapafúrdios, entregar cargos a políticos do PMDB, ficar no meio da porrada entre Colômbia e Venezuela, e ainda cozinhar, pois Dona Marisa sempre queima o feijão. Épico com duração de oito anos. Poderá ser reprisado depois de um intervalo de quatro.

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Bom, pra quem tava reclamando, tem bastante texto para um pobre mortal de ressaca.

terça-feira, 4 de março de 2008

Sabedoria popular

É como diz o velho deitado ditado: vão-se os anéis, e ficam-se os dedos.

Menos para quem tem um Fox.

segunda-feira, 3 de março de 2008

Highway to hell

Bem que eu queria fazer, mas tô com sono e vou dormi, sem me importar nem um pouco com as milhares de pessoas no quintal de minha casa, que prometeram tocar ACDC a noite toda se eu não escrevesse algo.

Não consigo dormir no silêncio mesmo, mas o que incomoda são essas mulheres gostosas do meu lado. Maldição, elas bem que podiam tirar a roupa de proteção contra radioatividade que estão usando.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Celebrity Death Mach - The Grunge Battle



-Esta noite teremos uma luta especial direto de Seattle, terra natal de Deus, entre dois expoentes maiores do punk grunge de todos os tempos, Kurt "Heroin" Cobain, e Eddie "Winehouse" Vedder, a batalha que cheira à desodorante velho. Temos esta noite a companhia do grande cantor Chris Cornell, antigo vocalista do Soundgarden,Rage Against Audioslave e atualmente seguindo carreira solo por ninguém mais agüentá-lo. O que você acha da luta de hoje, Chris?

-Obrigado,seu grande filho da puta Marcelo. Bom, acho que o cara do Pearl Jam leva vantagem, pois ele ainda está vivo. Ele possui uma corrente uniforme, acha que é um homem melhor e disse que seu adversário vai ver tudo preto e deixar o sangue depois que terminar. Vedder também disse que a última saída do oponente é dar um último beijo na filha, pois ele já está morto.

Já o ex-marido da Courtney Loves and gives to anybody disse que, antes de tudo, dará um biscoito para Polly. O ex-vocalista do Nirvana e atual defunto, sendo filho de uma mãe como qualquer pessoa, virá como ele é (ectoplasma), sabendo que está certo. Ao que parece, ele está com medo, e pediu para ser raptado. Mas como o confronto é sobre uma garota, ele usará seu golpe prata para tentar acabar com Eddie. Algumas fontes disseram que ele tomou lítio antes da luta, e não irá pedir desculpas se por acaso machucar Vedder quando as luzes apagarem e ele não for mais estranho, nos entretendo com essa grande luta.

É a evolução, baby.

--------------------------------------------------------------------------------------------

Quem souber todas as músicas citadas de forma aleatória, tosca e sem nexo, deixa nos comentários.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Impressões

Um belo dia, minha namorada ficante peguete.

-Pô, Marcelo, queria falar contigo.

-Oi, menina, pode falar.

-É que, sei lá, fico bolada de conversar isso.

-Pode falar, sem problema.

-É uma impressão que tenho sobre você.

-Sim.

-É quando você bebe.

-E qual é a impressão?

-É que, eu não bebo, mas você bebe muito, aí fica chato, falando alto, rindo, mexendo os braços, não gosto mesmo.

-Cara, que bom que você me contou isso.

-Sério?

-Sério.

-Pensei que você ia ficar chateado.

-Não, você até me fez pensar.

-Mesmo? Em quê?

-Que não me importo nem um pouco com sua opinião.

-....

-----------------------------------------------------------------------------------------
Agora sei a causa de estar solteiro, sei lá, desde dez mil anos atrás, hehe.

Enfim, o Palhac!nhoW me mandou um meme algum tempo atrás, mas essa minha vida de drogas (TV aos domingos), sexo (sempre que vou numa clínica geriátrica) e emo music (com muito Good Charlotte) não me deixou entender sobre o que era, mas como disse a ele que iria linká-lo, está feito. Aliás, é um puta blog (e não um blog de putas, não é uma VM cibernética, ok?), recomendo.

E já que virou putaria, Veja que a Veja está sendo criticada no blog do grande Luís Nassif. Se quiser, Veja aqui, e se quiser ajudá-lo, Veja neste link o que pode fazer. Mas Veja rápido, tá?

--------------------------------------------------------------------------------------
Houston, we have a problem. Everybody believe in what i write here.

Raul anuncia primeira medida de seu governo

O que você fará agora, Raulzito?



O sábio chinês que viveu há dez mil anos atrás.

Mais renunciantes

Fidel apenas fez o que já deveria ter feito há algum tempo, ou seja, se retirar. Ele já não agüentava mais seus discursos de 3 dias, 23 horas e 57 minutos, e ultimamente, fazia apenas curtos discursos de 1 dia e meio, 2 dias quando deixavam ele ir no banheiro. Bom, aqui vão mais alguns que devem pensar em pendurar a boina logo antes que os USA invadam.

Romário - Sem comentários, né? Até remédio pra careca o peixe tá tomando. Dizem que ele parou de sair a semana toda pra "náitche", e agora ele dorme às segundas-feiras, e na hora do treino, claro, ninguém é de ferro. De vez em quando tira um cochilo durante o jogo também, é quando o Galvão diz que ele é "mais perigoso". Sim, o cara pode até cair em cima de alguém, e isso é um perigo. Se antes ele pegava o canil todo, agora só pega uma cachorra de raça por balada. Na boa, peixe, vai pro futevôlei.

Eu(muito)rico Miranda- Como flamenguista, não quero que ele saia, mas, na boa, tá ficando chato chutar cachorro morto. A gente bota o Souza em campo, deixa os caras saírem na frente, faz pênalti e diz que só vale gol de zagueiro, e mesmo assim os caras nem empatam. Chega, faz logo um combinado com o Americano e vira "Vasco da Gama de Campos". Ou "Esporte Clube Corinthians da Gama". Assim, quem sabe, ganham pelo menos uma taça Guanabara. Ou chegam de vice, já que nem isso ultimamente.

Bush(a) - Esse só não renuncia pela eleição que se avizinha. Daqui a pouco um negro ou uma mulher provavelmente dominarão a o país imperialista filho da puta que só sabe fazer guerra, matar negros e latinos, e ainda ameaça quem não se encaixa na política externa deles democraticamente governado com justiça, liberdade de expressão e excelentes hospitais para todos, e só seria pior para ele se fossem muçulmanos. Ai George jogaria o Air Force One na ex-casa de outro George, não o Jetson, o Washington

Eddie Murphy - Cara, o que ele precisa pra desistir? Ganhar mais Framboesas de ouro? Ele aparece mais nessa premiação do que o Jack Nicholson no Oscar. E ainda tem gente que vai ver "Norbits da vida. Outro dia vi 15 minutos do outro filme que ele ganhou uma Framboesa, aquele da lua (sei que ninguém vai saber, mas não custa tentar) e tive princípio de lobotmização. Pára com isso, Eddie, e faça logo a continuação de "O rapto do menino dourado".

Suzana Vieira - Com certeza ela não deve tomar banho desde que levou ovadas em algum aniversário, pois só com muita falta de higiene alguém deixa o cabelo daquela cor. O mais engraçado foi ela dizendo que os beijinhos no desfile das escolas no Rio eram pra ela, e não pra Monica Belucci. Olhe a imagem abaixo e diga para quem você acenaria.

O policial deve ter batido muito forte na cabeça dela, coitada.

sábado, 23 de fevereiro de 2008

Corre pra lá

Mais um texto sem nexo ou sentido escrito por mim foi postado no Mentes. Vá lá, leia, e tente dormir depois. Bom, acho que agora esse blog vai. Afundar.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

O estagiário e o assalto

Oi gente, meu nome é Cleodécio, sou estagiário aqui da Fábrica e peguei emprestado o computador do chefe para postar no blog dele. Então, eu poderia dizer que ele é um filho da puta, pão duro, desalmado, psicopata e péssimo cozinheiro, mas o chamarei de "chefinho querido". Bem, como todos sabem, preciso doar uma parte de minha ajuda de custo para continuar a ganhar experiência trabalhando aqui. Algo como uns 120% do que recebo. Pouco em relação ao mercado, não acham? E ainda fico na net depois de 36 horas de expediente. Ótimo. Mas vocês sabem, as coisas tão caras, e preciso tirar um "por fora".

Então, resolvi virar assaltante, não sem antes pensar muito nas outras opções criminosas. Traficante não ia dar, não conseguiria trocar tiro com polícia, nem ficar o dia inteiro sem camisa na laje, ia descascar todo. Não posso vender DVD pirata, o rapa ia chegar e me meter a porrada. Menos ainda vender ecstasy em rave, pois a aquela música(sic) tem um efeito pior que qualquer droga. Então, resolvi roubar umas velhinhas. Um serviço rápido, limpo e sem remorso.

A vítima deveria ser cuidadosamente escolhida. Não poderia ser uma dessas que fazem ginástica, são muito espevitadas. Elas possuem uma grande disposição para dar bolsadas em marginais. Pensei em uma que passava de bengala. Não, se ela levanta aquele troço a lei da gravidade estaria à favor da furiosa anciã. Newton bem sabe disso. A escolha era muito difícil, pensei até na minha vizinha de 80 anos, mas ela corre na Maratona do Rio, e eu nunca conseguiria abrir uma distância considerável para dizer escapei. Outras com andador também não eram boas escolhas, pelo mesmo motivo da bengala. Aquilo é alumínio, cara.

Porém, achei uma que tinha potencial. Não era apenas velha, mas cega. Não era apenas cega, mas estava de cadeira de rodas. E com aquele motorzinho. Ok, o motor é bem rápido, mas eu tinha um plano. Eu ia fingir que era o ajudante dela, e jogaria água sanitária no motor. Você pergunta: "como você acharia uma janela de tempo para fingir ser o ajudante da velha anciã na cadeira de rodas motorizada para assaltá-la?". E eu respondo: no momento em que o ajudante estivesse esvaziando o saco de colostomia da véia, pois ele ainda vomitaria bastante de nojo daquilo. Eu sou um gênio.

Mas Lady Murphy estava no caminho de meu plano infalíve. E o plano falhou. Até o momento da água sanitária, tudo ia bem, mas quando segurei a bolsa da digna senhora ela tocou nas rodas da cadeira, que abriu um compartimento de onde ela tirou dois nunchakus com os quais incomodamente insistia em bater em minha frágil cabeça. Depois puxou uma corda que estava amarrada nos pés que foi diretamente em meu olho direito, deixando-o roxo. Consegui me levantar e saí correndo, aproveitando a água sanitária no motor.

Cheguei esbaforido no trabalho, com o supercílio sangrando, o olho rocho, descabelado e rasgado. E sem dinheiro. Mas falei para meu chefe Marcelo que fui assaltado por cinco meliantes, e ele me perdoou, não sem antes triplicar minha carga horária.

Moral da história: sempre dou lugar a velhinhas em meios de transporte público. Nunca se sabe do que elas são capazes.

Fidel renuncia

O último representante do socialismo-arte disse ontem que vai deixar de ser o comandante-em chefe da gloriosa e imensa nação cubana. Fidel é o júrassico remanescente do socialismo-arte, do comunismo-moleque, quando formava uma dupla de ataque infernal com seu amigo Che Guevara. Era bonito vê-lo jogar. Fez a reforma agrária, universalizou o atendimento médico de qualidade. Mas se jogava para frente, deixava a defesa desguarnecida. Hoje, temos milhares de discípulos que simplesmente são o equivalente do Denílson (aquele que passava o pé na bola, ia e voltava, e nada acontecia, lembra?) em campos como medicina, direito e outros.

Isso é algo deveras controverso. Por não ter como colocar mais de onze jogadores em campo, o Governo acaba os designando para outras funções. Então, por exemplo, se você é hipertenso, pode ter a sorte de quando viajar para Cuba e tomar um táxi, ser atendido pelo próprio motorista, que possui especialização em Cardiologia. O cara pode até fazer um transplante usando o carburador (que coisa antiga) do carro, três meias usadas, um charuto legítimo e o coração do veado (disse VE-A-DO) que ele tirou quando terminou tudo entre eles enquanto caçava pelas ruas de Havana.

---------------------------------------------------------------------------------------------

Falando só um pouco sério, acho engraçado quem confunde "socialismo" com "totalitarismo". O regime em Cuba não era perfeito? E qual lugar que é? Os EUA, que condenam muito mais negros à cadeira elétrica do que brancos podem julgar o "paredón"? E ainda fazem acordos comerciais com a China, que é um "socialismo" muito pior em termos de liberdade de expressão, com pouco coisa em troca oferecida aos chineses. Os US and A (Borat lives), que se orgulham tanto de sua "democracia", destróem culturas por aí e ninguém nada fala. Quando um grupo de cantoras de Country resolveu criticar Bush, suas músicas foram censuradas em todas as rádios, mas e daí? Vamos embargar Cuba. O problema é que todo mundo acha que está com a razão sempre. E quando você junta soberba com poderio militar e econômico, já viu, né?

O hilário é ver o "império" desmoronar por causa de um monte de mau pagador das prestações da casa própria. Chama o Sílvio Santos que dá casa pra todo mundo.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Celebrity Deathmatch algum número aí

E no Celebrity Death Match desta noite...


-Esta noite, teremos uma luta de dois caras que adoram ficar cercados por um exército de machos sarados e viris portando espadas e usando saias. Um deles inclusive mostrou a bunda para o Rei da Inglaterra, e com toda a polidez de um Bart Simpson, disse "Kiss my ass" para a cavalaria britânica e ainda pegou os irlandeses de jeito. Para prova ser "espada" (entendeu?),deu uns amassos na princesa. Do lado rosa shock do ringue, aquele que deu "O troco" nos britânicos, fez eles "fugirem que nem galinhas", a "Máquina Mortífera", e falando espanhol, latim, aramaico, azteca e inglês, o "Patriota" Mel Gibson William Wallace.
Do outro lado lado, está o homem meteu a porrada em imortais (não os da ABL, senão o Sarney chamava os jagunços e ele ia ver só) nas guerras médicas, que como todos sabem seriam lutadas pelos doutores, mas estes eram funcionários públicos e estavam de greve, então o Rodrigo Santoro como é global e tinha patrocínio da Petrobrás, resolveu invadir a área dele. Grande erro ao mexer com os caras do Village People o país de guerreiros espartanos fortes e sarados (ui!). Do lado cor-de-rosa do ringue, o primeiro, o único, O Diamante Negro, Leônidas.

-Mas, Marcelo, eu tô meio confuso, é um australiano patriota fingindo que é escocês, e um escocês se passando por rei espartano?

-No final, fica todo mundo bêbado com o Whisky que o Mel trouxe, batendo o carro e xingando os judeus. Haja coração, povo brasileiro.

--------------------------------------------------------------------------------------------------

Desculpem o sumiço, e o final do post, ficou meio Zorra Total, mas eu sou péssimo em finais. Além do mais, não consigo mais pensar, por ter que fazer o maldito meme que o povo da blogosfera fez para aumenta no logarítmo do Google. Perdi quase a noite inteira nesta merda. Meus parceiros de blog mandou mais selos, e responder o que espero ser o último meme, parece o definitivo.

Primeiro, a Juliana me mandou dois neste post aqui. Então, o Vlad do Antagonista me mandou MEIA DÚZIA neste post aqui.

Os dois repetidos:



E os outros que ele mandou:


PUTA QUE PARIU, VÃO INVENTAR SELO ASSIM NA CASA DO CARALHO!!!!!!!!

Desculpem, eu precisava disso. Ah, tem o maldito meme, também, perai...

1, 2, 3, 4, 5, 6, 7,8 ,9,10,11,12,13,14,15,16,17,18,19,20

Haja paciência pra ser blogueiro.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Grana awards X Linha de raciocínio

Eu sei que tem quase uma semana, notícia velha, mas queria que vocês acompanhassem meu lento raciocínio em duas frases que eu li essa semana. Não foi nenhum político ou qualquer famoso, mas são deveras interessante.

A primeira é do rapper Kanye West, que ao receber alguns grammys, disse que o "o rap não está morto". Ok, vamos ver as categorias que ele ganhou: melhor perfomance solo de rap, melhor disco de rap, melhor perfomance de rap em duo, e, aí sim, a única que não tem a ver com seu estilo, melhor canção.

Olha, estranho seria se Bob Dylan ganhasse melhor perfomance duo de rap ao cantar com, sei lá, Jay Z. Se ele já foi apedrejado ao usar uma guitarra na década de 60, imagina ele subindo no palco e gritando "Let's go, motherfuckers".

Pra não dizer que sou chato, ele pelo menos ganhou um prêmio diferente. Mas é como se a Daiane dos Santos gritasse que "a ginástica olímpica não está morta", por ganhar o prêmio de esportista do ano. Ou o campeão regional de cuspe em distância dizer que "o catarro vive", ou algo assim.

Prometo que acabo rápido.

A segunda frase foi lida em uma reportagem sobre suícidio. Um repórter entrou num chat de gente querendo descer do planeta andando. Lá, as pessoas trocam experiências e dão dicas de como morrer, como se todos tivessem uma vasta experiência no assunto. Devia ter um "Clube dos Suicidas", onde quem ficasse mais tempo de horas morto sem ninguém ressucitar ganharia um brevê, por viajar na maionese.

Tá, a frase. Aí entrou uma tal de Samantha que disse desejar "usar o coquetel X, mas isso ia custar 300 dólares".

Porra, a mulher vai visitar o Capiroto e tá preocupada se vai ter dinheiro pra comprar uma cerveja lá embaixo? Fala sério. Ou tá com medo de encontrar o Bezerra da Silva lá em cima cantando "Ressucita ele, manda esse cara pra cá, esse safado morreu de bobeira devendo uma grana pra não me pagar."

Será que tem agiota do lado de Lucinho, A.K.A. Lúcifer? Deve ter uma Losango do lado de uma Ibi Cred na esquina do Rio Aqueronte. Mas provavelmente o juros devem ser menores que os daqui.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

A operação

-Estamos aqui com o Coronel Mario Brother, que acabou de realizar uma operação na Favela do Camundongo Úmido. Coronel, pode nos dizer o que foi apreendido nessa operação?

-Nós viemos aqui reprimir o tráfico de entorpecentes e apreender tóxicos e armas.

-E o que foi apreendido, Coronel? Muita coisa?

-Olha, nós recolhemos 15 CDs do NX-Zero, quatrocentos abadás, 80 DVDs do My Chemical Romance, e trinta fitas de vídeo com 6 horas cada de programação dominical da TV aberta. Esses entorpecentes possuem o poder de deixar a pessoa em estado catatônico por dias, horas, ou até pela vida inteira.

-E as armas?

-Foram achados 40 convites cortesia para o show da banda Calypso. Esse tipo de arma é de destruição em massa, e é proibida pela ONU. Alguns panfletos de propaganda política também estava no meio do material. Esses são comumente usados para persuasão

-Gostaria de acrescentar algo

-Falar para os pais e responsáveis não deixarem os televisores ligados, pois o poder desses entorpecentes é altíssimo, e pode levar seus filhos para o lado negro da força. Eles usarão tênis All-Star com adesivos da Hello Kitty, repetirão gírias da novela, e dançarão jogando o cabelo para trás ao som de "Doce Mel". E não esqueçam de usar os fuzis "Passa o rodo", pois eles passam mesmo. Até a próxima, pessoal.

sábado, 9 de fevereiro de 2008

O roubo

Lindosmar era um sujeito trabalhador, que sempre se dedicava ao máximo em tudo que fazia na vida. Ele trabalhava de segurança em uma obra, quando ouviu um chamado:

-Câmbio, na escuta?

-Câmbio, pode falar.

-Tô com uma denúncia aqui no rádio, tem um cara roubando umas paradas, você que taí na entrada, fique de olho.

-Ok.

Então passa um cara vestido de pedreiro, uniforme da empresa, empurrando um carrinho de mão, Lindosmar para o cara:

-Boa noite, senhor.

-Boa.

-O que o senhor está fazendo?

-Nada não, sinhô.

-Tô com uma denúncia de roubo, posso revistá-lo?

-Como não.

Então Lindosmar faz a revista, e só encontra a carteira do indivíduo com um vale transporte.

-Desculpe incomodá-lo, mas é que recebi uma denúncia de um roubo, e preciso verificar todo mundo que sai da obra.

-Que isso, o sinhô tá trabalhando, tem que pegar mesmo essas ladrões.

-Ok, boa noite.

-Boa.

O cara vai embora, então chega o superior e pergunta:

-Viu algo estranho, Lindosmar.

-Nada senhor, ninguém suspeito passou.

-Fique atento, Lindosmar, não podemos dar o mole de um ladrão fugir com bens da empresa.

-Falando nisso, o que ele roubou, senhor?

-Um uniforme de pedreiro e um carrinho de mão.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Informações

-Boa tarde.

-Boa.

-Onde fica o banco Merrouba?

-Você atravessa a passarela...

-Sim.

-Entra na rua em frente.

-Na frente da passarela?

-Isso, ai você dobra a segunda à esquerda.

-Claro.

- Depois você vira...vira...

-Viro? Direita ou esquerda?

-Vira...

-Vira o quê?

-Vira a mão e chama um táxi, pois não tenho a menor idéia.

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Situação de risco

O garoto de 12 anos sai da escola e ainda de uniforme, se dirige ao morro com dois colegas. Ao chegarem, sobem as escadinhas mal conservadas. Passa por dois caras armados e uma senhora que ia ao trabalho. Embora os três tenham se assustado com a metralhadora e a psitola dos elementos, o semblante da senhora era calmo. Porém, o grupo continua, mas sendo observado por milhares de olhos que sabem para quê eles estão naquele lugar praticamente abandonado pelo governo. Os estudantes chegam ao seu destino, um barraco um pouco maior que os outros, guardado por um cara de pistola. Ao entrarem, um outro cara pergunta:

-Falaí, molecada, que que vocês vão querer hoje?

-O de sempre.

-De dez ou de trinta?

-Bota dois de trinta pra cada um.

Então, o balconista vira pra sua ajudante e fala:

-Ô, Rosa, bota uma hora de Counter Strike pra cada um.

-------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Coisas que aprendi....

...vendo comerciais de cerveja na televisão.

- que uma atriz da Globo, acompanhada de modelos gostosas, pode ser dona de um botequim e te servir de sainha com meia bunda de fora.

- que em qualquer bar que servir "aquela" cerveja, terão mulheres gostosas. Nunca terão gordas, feias ou desdentadas.

- por falar em gordura, descobri que se eu beber bastante cerveja, ficarei com barriga de tanque, mesmo que permaneça o dia inteiro bebendo.

- descobri que, mesmo que seja baixinho, gordinho e argentino, posso pegar uma loira gostosíssima da TV.

Qual dos dois está alcoolizado?


- também inferi que, em nenhum bar, existem garçons mal-humorados, paredes descascadas, baratas, brigas, ou vendedores de amendoim.

- bichinhos como siris e tartarugas adoram cevada.

- ninguém come alimentos gordurosos, batata frita, torresmo, salaminho...

- que cantores e artistas em geral são super bem-sucedidos ao enfiarem o pé na jaca, e pedirem para você fazer o mesmo.

- se você estiver em um elevador, é só tirar a proteção do teto e do lado que terá várias garrafas geladas.

- claro que se no meio de uma palestra, em que todos supostamente deveriam prestar atenção, você terá uma hipotermia ao beber um gole do precioso líqüido.

- óbvio que tudo que você experimentar (Experimenta!), tomará um saboroso sabor em suas papilas gustativas, mesmo que o vômito no meio do churrasco e a dor de cabeça do dia seguinte queiram provar o contrário.

A única coisa que eu ainda não aprendi foi beber com a tal da Moderação, ninguém nunca me apresentou.

Se alguém alargou seus conhecimentos (e o tamanho do estômago) graças às íncriveis dicas de nosso mercado publicitário, a caixa de comentários taí.

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Camarote cheio de bobagem

Como toda e qualquer empresa, a Fábrica terá seu camarote exclusivo no carnaval deste ano com subcelebridades, bicões, VIPs (Very Important Pobre), bêbados e traficantes em geral. A lista de convidados esse ano promete, mas primeiramente irei falar sobre o camarote. Localizado na estação de trem de Madureira, o Desfile das Escolas de Samba do Grupo b + ou - √B²- 4A.c sobre 2.A, que irão passar pelos trilhos. As principais agremiações serão: Estação Vigésima Quarta com a Mangueira Atrás, Unidos da Boca da Via 13, Mocidade Dependente de Maconha e Cocaína, Doceiro, Porto do Isopor, Meretriz Leopoldinense, Pequeno Valão, Rouba o Ouro, Portela sem Segurança no Museu, e campeã do Grupo X-Tudão do ano passado que abrirá os festejos, Desunidos da Favela Tiro Certo.

Local dos desfiles


Mas como ninguém se importa com as escolas, já que são todas iguais, as câmeras estarão voltadas para o camarote de minha empresa, onde personalidades aparecerão nos principais jornais de bairro do subúrbio. O traficante xxxxxxx (não quis divulgar o nome), vulgo "Cabaço", marcará presença com sua 15ª esposa, a dançarina do Uérc. O contra-regra daquele programa que não falamos irá em companhia de sua mulher Creuzidete, faxineira do cenário da novela da oito. Participantes do "Fama" e do "Ìdolos" também sambarão lá. Outra que com certeza irá será a eliminada do Big Bagulho Sônia Abraão, entre outros fracassados ídolos.

A infra-estrutura do lugar contará com três leques feitos com páginas originais do jornal "O Globo", que serão divididos entre os convidados para espantar o calor. Para beber, água do gelo de isopores dos camelôs que estão na Sapucaí, que serão enviadas pela rede de esgotos águas pluviais. A cerveja (que tava em promoção) é sem álcool, porém, os pinguços de plantão não irão reclamar, pois teremos garrafas de álcool de cozinha para misturar nas beberagens. O vinho será fabricado na hora. Uvas ficarão no meio da passagem das escolas, e a cada passagem das agremiações, serão levadas para misturarmos o álcool.

E não adianta querer convites, pois uma prostituta de um termas em Nova Iguaçu, uma bichinha de Caxias e um estagiário do jornal de bairro da localidade de Judas Perdeu as Botas do Sul, nossos "promoters", já fecharam a lista, e teremos dois mendigos da Central do Brasil fazendo a segurança.
----------------------------------------------------------------------------------------------
Para vocês verem o sucesso, em um dia eu ganhei QUATRO selos. Tudo bem que depositar dinheiro na minha conta bancária ninguém quer, mas como diria Jack, o estripador, vamos por partes.

Primeiro, recebi este selo abaixo de dois blogs que vou todos os dias, blábláblá, o Ai, meus sais, e o Bebendo um Cigarro, Fumando um baseado Café. É esse aqui, ó.

E meu xará Marcelo do blog da Sessão da tarde me mandou esse outro aqui, junto com a Ju.


Eu vou acabar abrindo uma filial do correios, hehe.

Como não quero mandar cada um para diferentes blogs, indico três os dois selos:

Blog do Tyler, excelente e blábláblá,

O Antagonista, também muito bom e etcétera,

Mixirica Mutante, que poderia ser mais atualizado.

Pronto, chega. Câmbio, desligo.

domingo, 27 de janeiro de 2008

Ele está de volta....

O filme que vi era bom, mas esse deve ser bem melhor:

Fábrica de Bobagens: inventando besteiras que serão fatalmente kibadas.
Com uma ajuda da Café.

Por falta de post novo...

Seguindo a moda internacional de posts com imagens para não cansar a vista de meus leitores, fiz essa montagem no Corel. Nem preciso dizer pra clicar na figura, né



Uma homenagem ao Bennet.

Mais duas coisas

1)Meu nomé é Enéas "Meu nome não é Johny" é um puta filme. Selton Mello fazendo um papel normal já é foda, imagina ele interpretando um doidão cheirador

2) Nao agüento tantos selos, vou fazer um blog só de selos, hehehe.

sábado, 26 de janeiro de 2008

Saturday Night Dead

Sábado à noite, chuva, sem dinheiro, nada melhor pra fazer, que decisão tomei? Claro, postar no Mentes, e tomar uma cerveja em um bar qualquer acompanhado de bêbados, putas e traficantes, só o puro suco da elite carioca. Vão lá e voltem aqui amanhã, que terá surpresa. Ou não.

-----------------------------------------------------------------------------------------------

E a Café me mandou mais um selo, eu acho, não entendi muito bem o post dela, já que ela faz promoções mais complexas que teorias de física quântica. Mas eu acho que é pra mim, e como achado não é roubado, é esse o selo.


O Capinaremos mandou um Meme que não soube identificar, eram três ou nenhum, três pelo preço de um, algo assim. Resolvi responder o nenhum, e ir ver "Meu nome não é Jonnhy", porque TODO MUNDO JÁ VIU ESSE FILME, menos eu. Té amanhã, criançada.

A música que cantamos

Olha, todo bêbado de bar fica feliz até quando toca "Atirei o pau no gato", mas sou um bêbado diferente. Não agüento mais as "músicas clichês" de sempre, os lugares-comuns do cancioneiro etílico pela boemia carioca. Não dá mais pra ouvir um cara que pensa que sabe cantar brigar pela enésima vez com o violão para tentar tirar Legião Urbana, Kid Abelha, Djavan, entre outros. Nem um Raulzito eu consigo ouvir. E tome Renato Russo entoando que "temos nosso próprio teeeeeeeempo". é tempo de mudar, isso sim.Eu juro que ainda taco um ovo rosa no próximo que disser "você deságua em mim, e eu oceano". Até porque não consigo filosofar a respeito da organização da sociedade das lagartixas de rabo roxo com um desafinado esgoelando Ana Carolina. Monte de música deprê da porra. Podia tocar um ACDC. Bom, taí meu protesto, por mim, todo mundo vinha de Ipod pra náitche. Seria até uma boa desculpa pro monte de gente mala que encontro por aí.

Mudando de assunto, o Coringa bateu as botas. Todo mundo sabe, dããã. Não sei o que isso tem a ver, mas vi "Meu nome não é Jonnhy", e queria comentar o final com quem viu o filme. Se você não viu, não leia o próximo parágrafo.








Mentira, vi o filme porra nenhuma. Fui.