terça-feira, 13 de novembro de 2007

Tempos Modernos

Tomei uma decisão: vou criar o Movimento de Criminalização da Heterofobia. Eu não agüento mais os olhares me criticando no meio da rua por ser hetero, por ser um espécime do sexo masculino e gostar apenas de mulher. É um problema, perco oportunidade estágio, empregos, por ser um macho Alpha. Não existe mais espaço no mundo moderno para um homem que não seja "alternativo".
Bom, sou homem à moda antiga: gosto de mulher, cerveja e futebol, mas nem por isso sou um descerebrado como a grande maioria do sexo masculino (eu diria da humanidade, mas a mulherada insiste em achar que só existe homem burra, o que é uma posição bem estúpida).
Isso é um problema: as pessoas saem quando chego perto, falam mal de mim à distância(pelas costas é coisa de via....ah, você sabe), não me chamam para os eventos, etcétara. é muito triste essa situação , amigos da Rede Globo.
Outro dia estava eu no meio de uma conversa de "antenados", e uma menina muderna disse que queria que seu filho nascesse gay. Espero não estar cometendo nenhum crime, mas, putákilpariu, querer que o filho nasça moça, é mais fácil querer uma menina. Viram como nem preciso contar piada pra escrever algo engraçado? E o casal de lésbica que simplesmente virou a cara pra mim por eu ser homem. Eu deveria tê-las processado, pois nunca me recuperei do choque de ser discriminado. Só por ter um pênis e querer usá-lo? EU NASCI ASSIM, PORRA!!!!Não matei ninguém, nem roubei, só tenho um pinto e gosto de utilizá-lo em pessoas do sexo diferente do meu. Devo ser preso, castrado ou morto?
Enfim, nada contra gays, sou amigo de vários, alguns mais moças que os outros, e não tô nem aí se eles querem dar, receber, torcer pro São Paulo ou escutar NX-Zero. Desejo apenas que alternativos em geral parem de encher meu saco por nunca ter tido experiências homos, e nunca as terei, não por discriminar, mas por não querer e ponto. Afinal, alguém precisa colaborar para a perpetuação da espécie, não?
---------------------------------------------------------------------------------------------

Tá tendo um abaixo assinado para as Spice Girls virem ao Rio de Janeiro. Eu vô criar um abaixo assinado para elas NÃO virem, e podem mandar o Led Zeppelin no lugar. The Police eu dispenso, disseram que o Capitão Nascimento é o vocalista.

8 comentários:

Phernando Faglianostra disse...

E o tal "Bonde dos Coitadinhos" de que falei outro dia no Diversitate. Só porque são minoria, querem tomar conta de tudo. Pedem igualdade, desde que eles sejam melhores.

Eu vou fazer um abaixo assinado pras garotas pimenta fazerem um show lá no quarto...

Ju Cunha disse...

Homens q gostam de mulher, futebol e cerveja estão ficando cada vez mais raros no mercado, uma pena isso!
Bjos

Ana disse...

hahaha
Estava pensando exatamente a mesma coisa agora pouco!
Não existem mais seres heteros...
principalmente na faixa de idade de 20 a 30 anos!
coisa impressionante!
Umas amigas minhas resolveram sair só com as mocinhas do grupo...
e tivemos que estipular: Mocinhas de CORPO e alma!
e sim...
nós heteros temos que lidar com a maldita heterofobia!
Drogas!

pri disse...

vc macho, com pinto e tudo mais??? e hetero?? olha aqui em poa essa onda não pegou, todos meus amigos gays dizem em oníssono, ele tbm é um d nós!!!!

yanZito disse...

Venho aqui por meio deste, pra assinar o meu nome sobre o show do Led Zeppelin.


Yan Bockorny Silveira

quer endereço? RG? CPF?


Putz.....Sonho em ver o show desses caras, mas sei que vai ser um tanto dificil de ver um dia!

show do The Police? Nao dipenso nao, se tiver algum convite sobrando aew passa pra mim...rss

abraços!

;)

Nicotina disse...

ahhhhhh
eu apoio e outra adoro homens que gostam de mulher, cerveja, futebol e muito sexo!

Cafeína disse...

putz...tirou a boca das minhas palavras, eu vivo dizendo que sofro preconceito por ser hetero...

Murdock disse...

Se criar o movimento eu participo!